Open D Tuning, Acordes de guitarra

Autor do contato

Guitarra em afinação D aberta

A afinação D aberta na guitarra é D, A, D, F afiada, A, D, baixa para alta. Para mudar da afinação padrão, as cordas 6, 1 e 2 são abaixadas por um tom (ou 2 trastes) e a corda 3 é abaixada por um semitom (1 casa)

É útil tocar a quarta corda aberta (D) como uma nota de referência. Se você diminuir o tom um pouco mais e depois voltar ao tom, o violão ficará afinado melhor.

Tantas ótimas músicas são tocadas nessa afinação, músicas de Joni Mitchell como Big Yellow Taxi, You Turn me on (eu sou um rádio), Festas dos Povos, Morning Morgantown. Aqui veremos como a afinação é usada na música irlandesa e, especificamente, como Paul Brady toca The Lakes of Pontchartrain - mas muitos dos acordes podem ser usados ​​para diferentes músicas irlandesas.

Eu precisava aprender essa música às pressas para um show, então primeiro procurei no YouTube a versão de Paul Brady e depois encontrei uma ótima lição de acordes de Paul Goulet, que detalha o arranjo de acordes. Eu o segui bastante de perto no gráfico de acordes abaixo, mas não é exatamente o mesmo.

Paul Brady, com Jerry Douglas no colo de aço

Acordes de guitarra em afinação D aberta

Informações do gráfico de acordes

As formas de acordes seguem bastante o tutorial de Paul Goulet. aqui está a estrutura - a seção A é seguida por duas seções B, depois mais uma seção A para terminar - este é um verso e, em seguida, tudo se repete, com um link opcional para que você possa se preparar para o próximo verso.

Material de escala harmonizada

No final do gráfico de acordes, há uma escala harmonizada que você pode usar para criar preenchimentos nessa afinação ou para tocar partes da música. Embora seja difícil de visualizar, as duas cordas do meio 4 e 3 não foram alteradas em relação ao ajuste padrão; portanto, padrões padrão como esse funcionarão. Cada grupo de duas notas é um mini-acorde que trabalha com as cordas abertas.

Você também pode usar as formas completas, tipo E7, com a nota de fundo movida para baixo uma corda ou ambas no mesmo traste. Eles seguem o mesmo padrão dos acordes de duas notas. Como mostrado, "one" e "bright" acima.

Capo

O tutorial em vídeo aqui está na chave de D - Paul Brady usa um capo no traste 3, o que significa que a música está em F - alta demais para eu cantar, e é difícil, mesmo na chave de D. Paul Brady é fantástico e versões provavelmente imbatíveis de músicas irlandesas clássicas. Confira outros clipes das sessões transatlânticas da BBC TV.

Mais informações sobre afinações

Os acordes 1, 4 e 5 em D são D, G e A ou A7. Você pode tocar esses acordes com muita facilidade tocando todas as cordas abertas, depois as barras nos traseiros 5 e tras.

A afinação Open D está muito próxima do DADGAD, que também é amplamente utilizado na música irlandesa e por tocadores acústicos contemporâneos, como Pierre Bensusan e Lawrence Juber. É apenas a corda 3 que é um semitom maior, mas essa pequena mudança é suficiente para tornar a alternância entre as duas afinações um pouco complicada. Em suma, acho que vale a pena usar as duas afinações, porque cada uma delas tem benefícios em termos de voz de acordes e cada uma tem um som único.

Se você quiser tentar o ajuste G aberto, confira alguns dos meus outros hubs. Essa afinação pode ser vista como similar em muitas maneiras ao Open D - você pode transferir muitas das formas de acordes em uma corda, pois a nota principal agora está geralmente na corda 5 em vez da corda 6.

Etiquetas:  Educação o negócio jogos-hobbies 

Artigos Interessantes

add